5 erros que podem atrasar o diagnóstico de autismo

Você sabe quais são os erros mais comuns que levam ao diagnóstico tardio do autismo? Nessa publicação, elencamos alguns dos motivos recorrentes que chegam ao nosso espaço terapêutico.  A maior parte deles tem relação com o fato de se ignorar os sinais, preferir não enxergá-los ou acreditar que são naturais e correspondentes à idade ou à personalidade. E não se esqueça: contate um especialista. Ignorar a importância de um acompanhamento terapêutico causa prejuízos graves no desenvolvimento da criança.

O atraso no diagnóstico pode ter como causa:

  1. Um diagnóstico errado realizado anteriormente. O mais comum é o de TDAH, já que cerca de 40% das crianças com autismo podem apresentar TDAH.
  2. Ignorar os sinais que a criança manifesta enquanto bebê, acreditando que as características são normais da idade.
  3. Acreditar que os sinais manifestados pela criança são fruto de sua personalidade, timidez ou estilo reservado.
  4. Negação. Muitos têm vergonha ou receio e não querem acreditar que o filho possa ser autista, preferindo “não pensar muito no assunto”.
  5. Não encaminhar para o especialista acreditando que é possível “contornar” as dificuldades da criança sem ajuda.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − treze =

Rolar para cima
Open chat