A importância de uma rotina para crianças com autismo

Crianças com autismo costumam sofrer de ansiedade e estresse quando se defrontam com situações desconhecidas e imprevisíveis.

A criação de uma rotina é parte essencial de uma terapia para a criança.

Hábitos que devem ser reforçados na hora de se elaborá-la são: organização de brinquedos e objetos, horários fixos para a alimentação e atividades, higiene, sono, além de pequenas tarefas e deveres.

Como estimulá-la?

É possível que algumas crianças tenham dificuldades, no início, para compreender a importância da rotina e de realizar certas tarefas dentro dela.

No entanto, os benefícios dela logo se confirmam. Por isso, é importante
que nessa etapa os pais reforcem a estrutura da rotina.

Lembrem sempre a criança do que farão no dia seguinte, repasse as atividades, tenha algum sistema de imagens que ajudem a criança a mentalizar as tarefas.

Divisão de tarefas

É importante também que a criança participe e conheça bem a rotina dos pais. A criança deve poder visualizar quais são as tarefas de cada canto da casa, como são realizadas e por quem são executadas.

Nesse sentido, os pais podem integrá-la em suas atividades com pequenos deveres. Na cozinha, por ex., pedir à criança para que ela enxugue
os pratos.

Também é essencial que ela aprenda a sua função, como guardar os brinquedos e manter o quarto organizado.

Autonomia e organização

Vale ressaltar que essas atividades não podem ser estressantes para a criança e também não devem ser muito longas, já que é importante para o reforço positivo que a criança observe o alcance do trabalho que realizou. O objetivo deve ser criar a sensação de autonomia na criança.

Imagens que reforcem essa divisão de tarefas, listas simples, adesivos
e ilustrações, ajudam a criança a visualizar objetivamente o que
deve realizar e o que já realizou.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =

Rolar para cima
Open chat