Como Greta Thunberg, ativista ambiental, lida com o autismo

Encerrando nossa homenagem às mulheres, hoje apresentaremos Greta Thunberg, a garota autista de dezessete anos que luta contra o aquecimento global.

Greta Thunberg é uma ativista ambiental sueca. Ela conquistou os holofotes do mundo todo por ter chamado atenção para as causas ambientais quando tinha apenas quinze anos. Sua jornada e sua luta lhe renderam o título de personalidade do ano de 2019 pela revista americana Time.

Greta foi diagnosticada com o Transtorno do Espectro Autista quando tinha doze anos. Em entrevista ao jornal britânico The Guardian, ela relatou que a sua paixão por lutar pela mudança climática se deve em parte à sua forma singular de enxergar e de se relacionar com o mundo.

A jovem já recebeu diversas críticas por sua aparência e por agir de forma diferente em algumas situações. Essas considerações, no entanto, não a desencorajam, pelo contrário, ela faz questão de rebatê-las. “Eu tenho Asperger e isso significa que, às vezes, eu sou um pouquinho diferente da norma. E dadas as circunstâncias, ser diferente é um superpoder”.

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima