O que é o hiperfoco no autismo e como ele pode ser trabalhado

Uma das características mais comuns no Transtorno do Espectro Autista é o hiperfoco. O hiperfoco é um interesse intenso por assuntos específicos de modo concentrado. O autista pode passar horas conversando sobre algum assunto do seu interesse, pesquisando sobre ele durante o dia e se mantendo intensamente atento a esses tópicos por meses.

Alguns interesses podem durar a vida toda, outros podem variar com o tempo. Eles são capazes de aliviar a ansiedade da criança, operando de modo distinto das compulsões, que causam estresse. No entanto, eles podem ser tanto uma fonte de soluções quanto uma fonte de dificuldades na rotina do indivíduo autista.

O hiperfoco pode ser muito bom em alguns casos. A criança pode se desenvolver a partir do assunto de seu interesse e até trabalhar em uma profissão futura envolvendo a área.

O autista também pode socializar mais facilmente sobre esses tópicos e encontrar indivíduos que compartilhem do mesmo interesse. Por outro lado, eles também podem atrapalhar na interação com outras pessoas, com o autista falando sobre um mesmo assunto sem entender a dinâmica social.

Com um bom acompanhamento terapêutico, os assuntos de interesse da criança autista podem ser utilizados como reforço positivo para trabalhar questões de aprendizagem, comunicação e interação social.

 

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 4 =

Rolar para cima
Open chat