Síndrome de Down não é doença!

Você sabia que a Síndrome de Down não é uma doença? Quando pensamos no conceito de doença, ele está normalmente associado ao mau funcionamento do organismo por uma mudança no seu desempenho ideal, como uma gripe ou sarampo, por exemplo.

A Síndrome de Down, no entanto, não é um “desvio de rota” e não deve ser tomada como tal. Indivíduos com Síndrome de Down não devem ser tratados como se devessem ser curados. Embora possam nascer com alguns problemas de saúde ocasionados pela formação genética, são esses problemas que devem ser tomados como doenças (podendo haver indivíduos com Síndrome de Down perfeitamente saudáveis), e não a síndrome em si, que é uma condição genética ocasionada por uma alteração na divisão embrionária.

Enquanto a maior parte da população conta com 23 pares de cromossomos, totalizando 46 deles ao todo, herdados dos códigos genéticos dos pais, a pessoa com Síndrome de Down apresenta 47 cromossomos, uma vez que há uma alteração na formação número 21, que ao invés do par habitual, acaba apresentando três deles em sua disposição. Existem ainda outras causas da Síndrome de Down, mas a trissomia 21 é a mais comum e abrange 95% dos casos.

A pessoa com Síndrome de Down, portanto, não é doente. Ela é única e todas as suas características particulares devem ser respeitadas como tal. Por isso a importância de um tratamento e acompanhamento que permitam que elas desenvolvam todo o seu potencial característico. É importante que os pais e familiares façam parte dessa jornada, participando de cada conquista e entendendo cada progresso no tratamento.

Seguimos juntos!

COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 18 =

Rolar para cima
Open chat